Veja dicas para desovar um estoque que encalhou

Queima de estoque”, “Liquidação”, “Compre 1 e leve 2”. Essas frases são muito comuns no comércio e acabam sendo uma saída para os lojistas que precisam movimentar o estoque que, por algum motivo, acabou ficando parado.

Mas antes é bom pensar em uma forma do estoque não encalhar e você não passar por isso, é importante tentar entender qual a demanda do mercado e o que o cliente realmente quer comprar para evitar mercadorias estagnadas. O lojista deve conter a ansiedade e focar em comprar apenas aquilo que o mercado está preparado para consumir. Um programa de controle de estoque pode ajudar bastante. Mesmo com todos esses cuidados, alguns erros podem passar despercebidos e levar a um acúmulo de peças paradas em estoque. A saída é uma “desova” bem feita, veja algumas dicas:

 

  1. Faça um diagnóstico

Entenda porque o produto acumulou, isso vai ajudar a se traçar a melhor estratégia para a venda.

 

  1. Planeje ofertas dirigidas

Feito o primeiro passo, estude quem é e como o consumidor pode absorver seu produto. A pessoa tem que ser atraída para aquela compra.

 

  1. Considere liquidações e combos

Promoções envolvendo liquidação de estoque são sempre uma vantagem para quem compra, por conta da diferença de preço. É normal que muitos comerciantes pensem em abaixar os preços como primeira opção. Para produtos com prazo de validade próximo, liquidar pode ser uma boa ideia, ou os itens podem vencer no estoque. Para mercadorias mais perenes, existem outras saídas que não envolvem reduzir drasticamente o preço.

Por outro lado, elaborar combos de produtos faz com que o cliente veja o valor do todo e não só daquele produto que estava esquecido no estoque e precisa ser vendido.

 

  1. Busque acordo com fornecedores

Alguns fornecedores podem ser mais maleáveis e oferecerem possibilidade de troca. Basta conversar para entender que tipo de negociação é possível fazer.

 

  1. Não se apegue

Um bom controle de estoque é crucial para identificar o que já está parado por tempo demais. Quanto mais tempo ele está parado, menor é o lucro que se consegue com ele. O produto fica velho e obsoleto e as datas de validade não esperam. O apego ao estoque não deve impedir uma ação para diminuir os prejuízos.

WKY

Distribuindo Parcerias!

Published by

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *